twitter


A COLONIZAÇÃO PORTUGUESA


A colonização portuguesa na África foi o resultado dos descobrimentos e começou com a ocupação das Ilhas Canárias ainda no princípio do século XIV.

Durante a segunda metade do século XV Portugal foi estabelecendo feitorias nos portos do litoral oeste africano. No virar do século, Bartolomeu Dias dobrou o Cabo da Boa Esperança, abrindo as portas para a colonização da costa oriental da África pelos europeus.

Portugal em África colonizou:

Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Angola e Moçambique.

A COLONIZAÇÃO FRANCESA

Em África a França teve como colónia os seguintes países:

Marrocos, Tunísia, Guiné Conakry, Camarões, Togo, Senegal, Madagáscar, Benim, Níger, Burkina Faso, costa do marfim, Chade, Republica Centro – africana, republica do Congo, gabão, Mali, Mauritânia, Argélia, Comores, Djibuti.

A COLONIZAÇÃO BRITÂNICA

No final do século XVIII e meados do século XIX, os ingleses, com enorme poder naval e económico, assumem a liderança da colonização africana. Combatem a escravatura, já menos lucrativa, direccionando o comércio africano para a exportação de ouro, marfim, tapetes e animais. Em consequência disso, os africanos ficam com o mercado dominado pelos interesses do Império Britânico. Países que foram colónias britânica:

Egipto, Sudão, Ghana, Nigéria, Somália, Serra Leoa, Tanzânia, Uganda, Quénia, Malawi, Zâmbia, Gâmbia, Lesoto, Maurícia, Suazilândia, Seychelles, Zimbabwe.



A COLONIZAÇÃO ALEMÃ

A Alemanha colonizou as regiões correspondentes aos actuais Togo, Camarões, Tanzânia (a parte continental ou Tanganica), Ruanda, Burundi e Namíbia.

A COLONIZAÇÃO BELGA

A Bélgica colonizou o Congo Belga (actual República Democrática do Congo).



0 comentários:

Enviar um comentário